Acesse o conteúdo


Os vencedores do The Bobs 2014 foram escolhidos


02-Bobs-2014_Congrats!_posting_600x240px 2

Depois de uma reunião de dois dias e debates acalorados, o júri internacional escolheu  os seus vencedores para as seis categorias internacionais do The Bobs 2014.

Durante quatro semanas, internautas de todo o mundo puderam escolher, em votação online, os seus favoritos entre 154 candidatos. Houve mais de 70.000 votos. No final, a disputa foi realmente emocionante em algumas categorias. Mas, agora, a votação foi finalizada e os vencedores dos usuários foram escolhidos.

Os vencedores dos Prêmios do Júri são:

O vencedor do Melhor Blog, o prêmio principal, foi Mosa’ab Elshamy, de 23 anos. Ele acompanha em sua página do Facebook temas atuais e os desenvolvimentos no Egito com fotorreportagens bastante expressivas. As séries de fotos relatam histórias da sociedade e da cultura de seu país. A sua documentação sobre as turbulências no Egito e a guerra na Faixa de Gaza em 2012 lhe garantiram grande reconhecimento.

O júri considerou que: “Mosa’ab Elshamy ilustra de forma impressionante o abismo existente na sociedade egípcia. Através da expressividade de suas fotos, ele consegue chamar uma atenção constante para esse aspecto.”

Na categoria Melhor Ativismo Social a escolha recaiu sobre o site Visualizing Palestine. Os iniciadores deste site – uma equipe de Ramallah e Beirute – disponibilizam desde 2011 infográficos sobre a situação nos Territórios Palestinos. A discussão não gira em torno somente de temas de conflito como os assentamentos israelenses, mas também sobre o meio ambiente, cuidados médicos e educação. “O site consegue trazer um conflito altamente complexo e emotivo para um nível compreensível, através da sua vizualização”, afirmou o júri.

Na categoria de Melhor Inovação o júri se decidiu pelo projeto BanglaBraille. Ele possibilita a digitalização e a impressão de livros em braille. Além disso, em seu site, os iniciadores disponibilizam textos gravados e material escolar em áudio. Em Bangladesh, há mais de um milhão de cegos. Para mais de 50 mil crianças cegas em idade escolar não existem livros didáticos adequados. BanglaBraille criou uma rede de voluntários dedicados, que transcrevem os livros para a forma digital e coletam doações. Segundo o júri, “BanglaBraille tem melhorado de forma fundamental a vida de muitos alunos em Bangladesh, como também tem lutado contra um problema, que as autoridades em nosso país negligenciam de forma criminosa.”

Um artista da língua e microblogueiro chinês foi premiado na categoria Mais Criativo e Original. Preferindo ficar no anonimato por motivos de segurança, ele marca presença no serviço de microblog chinês Weibo com weicombo. Traduzindo para o português, o seu nome no Weibo seria algo como “rei@EsquerdaCentroDireita”. Muitas vezes, ele comenta os acontecimentos diários em seu país somente com um caractere chinês, alterando-o levemente, o que confere às suas postagens um significado ambíguo. O júri explicou que “Weicombo encontrou uma forma muito criativa e inteligente de contornar a censura na China. Seus trocadilhos não são somente políticos, mas também bastante divertidos.”

“Da informação à participação” – este é o tema do Global Media Forum, conferência internacional sobre mídia promovida anualmente pela Deutsche Welle. Para este tema, o Bobs dedicou uma categoria própria. Os jurados escolheram Khabar Lahariya – um jornal semanal rural publicado em seis dialetos híndi. Ele é escrito, produzido e distribuído já há 12 anos por um grupo de mulheres. Muitas delas aprenderam a ler e a escrever com atraso. Os seus artigos são dedicados à população dos vilarejos do norte e leste da Índia, onde quase não há acesso à internet. Para muitos, Khabar Lahariya é a fonte mais importante de informação. Segundo o júri, “o jornal é um exemplo brilhante de um projeto que possibilita o acesso a informações básicas em regiões desfavorecidas.”

O Prêmio Repórteres Sem Fronteiras foi concedido ao portal YanukovychLeaks. Ali, um grupo de ativistas ucranianos coleta e classifica documentos encontrados na mansão do ex-presidente Yanukovytch, pouco depois de sua fuga. Depois que a mansão foi abandonada, muitos documentos foram encontrados num lago. YanukovychLeaks fixou então como objetivo analisar e catalogar a grande quantidade de dados. “Especialmente no período atual de crise é importante fortalecer o apoio a jornalistas críticos. Precisamos incentivá-los, apesar dos perigos que têm pela frente”, assim justificou o júri a sua decisão.

Paralelamente à decisão do júri, os internautas selecionaram os seus favoritos para o The Bobs. O Prêmio do Público é outorgado em 14 idiomas. Neste ano, houve mais de 70.000 votos. Como Favorito do Público em Português, os internautas escolheram o blog brasileiro sobre migração MigraMundo.

Parabenizamos todos os ganhadores dos Prêmios do Júri e do Público

Os vencedores dos Prêmios do Júri serão convidados a receber a sua premiação no dia 30 de junho de 2014 em Bonn, no Deutsche Welle Global Media Forum, conferência internacional de mídia organizada pela Deutsche Welle.