Acesse o conteúdo


Inscrições abertas!


thebobs16_milestoneposting_submit_now_600x240px_portugiesisch

Até o dia 3 de março de 2016, poderão ser feitas inscrições em todas as categorias do Bobs através do formulário nesta página de internet.

Quem pode participar?

Não há restrições no formato. Podem ser blogs, podcasts, perfis de redes sociais ou plataformas. Eles só precisam ser de livre acesso. Em termos de conteúdo, os candidatos devem corresponder aos critérios e às regras.

Em que línguas são permitidas as inscrições?

Os sites inscritos devem ser concebidos em uma das 14 línguas do concurso (alemão, árabe, bengali, chinês, espanhol, francês, híndi, indonésio, inglês, persa, português, russo, turco e ucraniano).

Quem pode sugerir candidatos?

Qualquer usuário pode se autoinscrever ou sugerir outros sites. A frequência com que um candidato é inscrito não tem nenhuma influência em sua nomeação. O mesmo candidato, no entanto, pode ser inscrito em diversas categorias.

O que acontece com as candidaturas?

Todas as inscrições serão enviadas para avaliação do júri internacional. A Deutsche Welle analisa então as nomeações do júri e as divulga no dia 31 de março. A partir dessa data também tem início a votação online em todas as categorias.

Mas, a princípio, a escolha é sua. Quem, na opinião de vocês, se engaja de maneira excepcional em prol da liberdade da internet e da liberdade de expressão? Quem é seu herói pessoal na web? Toda sugestão é bem-vinda.

Início do Bobs 2016 em 4 de fevereiro


thebobs16_milestoneposting_600x240px_Portugiesisch

De 4 de fevereiro a 3 de março de 2016, poderão ser feitas as inscrições para o Bobs 2016, o concurso de ativismo online da Deutsche Welle.

As inscrições estão abertas para todos os usuários e não estão ligadas a quaisquer custos. Os sites inscritos na competição deverão ser escritos em uma das 14 línguas do concurso: alemão, árabe, bengali, chinês, espanhol, francês, híndi, indonésio, inglês, persa, português, russo, turco e ucraniano.

Na edição do Bobs deste ano, há quatro categorias internacionais. Aqui, websites de 14 regiões linguísticas concorrem entre si. Para cada uma dessas categorias há dois ganhadores. Os vencedores dos Prêmios do Júri são determinados por um júri internacional e independente. Os vencedores dos Prêmios do Público são escolhidos por votação online. As quatro categorias internacionais são:

  • Mudança Social
  • Tech pro Bem
  • Arte e Cultura
  • Jornalismo Cidadão

Para cada um dessas categorias do concurso, há também um Prêmio do Público, reservado exclusivamente a candidatos da respectiva língua.

Além disso, a Deutsche Welle concede, também em 2016, o Prêmio Freedom of Speech (Liberdade de Expressão) como prêmio especial no contexto do Bobs. O vencedor ou vencedora será escolhido pela diretoria da Deutsche Welle.

Os ganhadores do Bobs serão anunciados em Berlim no início de maio. A cerimônia de premiação com os vencedores do Prêmio do Júri e do Prêmio Liberdade de Expressão vai acontecer no dia 14 de junho de 2016 durante o Deutsche Welle Global Media Forum em Bonn.

Premiados do Bobs homenageados na Alemanha


pv_2015

Os prêmios do The Bobs são concedidos pela 11ª vez. Os vencedores das três categorias internacionais e o ganhador do Prêmio Freedom of Speech (Liberdade de Expressão) são homenageados no Deutsche Welle Global Media Forum em Bonn.

Mudança Social

Na categoria Mudança Social, o prêmio foi recebido pela blogueira Rafida Ahmed, viúva do blogueiro assassinado Avijit Roy. Ele fundou o blog coletivo Mutko Mona, que traz postagens críticas sobre temas seculares e científicos. “Meu esposo estaria muito contente se estivesse aqui”, disse Ahmed ao receber a homenagem. Ela afirmou, no entanto, que o prêmio não seria um consolo e que ela se sente na obrigação de dar prosseguimento ao trabalho do marido – apesar do alto risco permanente para a sua própria vida.

Em seu país, fundamentalistas emitiram uma lista da morte com o nome de 84 blogueiros e jornalistas. Nove deles já foram assassinados. Rafida Ahmed afirmou esperar que o prêmio seja um estímulo para que os blogueiros em Bangladesh continuem o seu trabalho.

Artes & Mídia

Na categoria Artes & Mídia, o vencedor foi Zaytoun, o pequeno refugiado. Trata-se de um projeto que, em forma de videogame, procura chamar a atenção para a situação da Síria e dos refugiados palestinos. Para receber o seu prêmio, o ganhador veio ao palco mascarado como “pequeno Zaytoun”. “Estou escondendo o meu rosto porque o destino dos refugiados é ignorado pela comunidade internacional”, declarou. Ele instou a que sejamos “simplesmente humanos” e a que se suprimam as fronteiras.

Privacidade e Segurança

Na categoria Privacidade e Segurança, o prêmio foi para o coletivo hacker mexicano Rancho Electrónico. Os iniciadores da plataforma fazem uma cobertura abrangente sobre os temas privacidade de dados, criptografia e monitoramento no México. Tais tópicos são particularmente importantes num país onde pessoas desaparecem diariamente.

Os ativistas hackers organizam oficinas e eventos offline, para entrar em contato direto com os usuários e construir uma comunidade mais segura. “Não somos muitos, mas queremos chegar até as pessoas”, assinalou o premiado Rubén Omar Valencia Pérez. “O mundo precisa de mais espaços como este”, disse a jurada do Bobs Renata Avila.

Prêmio Freedom of Speech (Liberdade de Expressão)

Raif Badawi, cofundador do site “Sauditas Liberais”, está preso em seu país há três anos – porque o fórum de internet supostamente “ofende os valores islâmicos e dissemina pensamentos liberais”, de acordo com a acusação. Badawi foi condenado a dez anos de prisão, mil chibatadas, a uma multa em dinheiro pesada e a não poder deixar o seu país por outros dez anos.

Sua esposa, Ensaf Haidar, não pôde viajar para receber o prêmio em Bonn, como inicialmente planejado. Por mensagem de vídeo, Haidar, de 36 anos, agradeceu a homenagem a seu esposo. “Este é um grande dia para todos que lutam pela liberdade de expressão”.

Para ela, o prêmio é uma “prova clara de que ele e sua causa justa não foram deixados sozinhos”, afirmou Ensaf Haidar. Ela se dirigiu à comunidade internacional com um apelo: “Por favor, não se esqueçam de Raif! O destino dele e de suas crianças estão em suas mãos.”

Deutsche Welle anuncia prêmios de ativismo online 2015


02-Gewinner-stehen-fest-Milestoneposting_600x240px

O júri internacional do The Bobs escolheu os premiados de 2015. Além dos prêmios das categorias internacionais selecionados pelo júri, internautas de todo o mundo escolheram os vencedores das 14 categorias por idioma.

Neste fim de semana, em Berlim, a competição entre candidatos de diferentes regiões linguísticas, ou seja, a particularidade do concurso internacional de ativismo online da Deutsche Welle ocupou o júri do The Bobs – O Melhor do Ativismo Online.

Após engajadas discussões, os jurados entraram em consenso sobre a premiação de projetos online provenientes da Síria, do México e de Bangladesh. Paralelamente à decisão do júri, os usuários escolheram os vencedores nas categorias por idioma. Neste ano, houve cerca de 30.000 votos.

O ganhador do prêmio de Favorito do Público em Português é o Coletivo Papo Reto. Trata-se de um coletivo de comunicação independente formado por jovens moradores das comunidades cariocas Complexos do Alemão e Penha. O Papo Reto tem como objetivo propagar notícias dentro da favela, mas também mostra a realidade do morro, tornando-se um canal “do favelado para a própria favela”. O site oferece uma alternativa à forma como a mídia tradicional retrata a realidade da comunidade.

Maurício Santoro é o jurado para a língua portuguesa deste ano. Santoro é professor do Departamento de Relações Internacionais da Universidade Estadual do Rio de Janeiro e colaborador da Anistia Internacional.

Mudança Social

O vencedor da categoria Mudança Social foi o site bengalês Mukto Mona . Após a trágica morte de seu marido, Avijit Roy, a blogueira Rafida Bonya Ahmed prometeu continuar a falar sobre secularismo e ciência. Fundamentalistas em seu país tentam impedir isso e divulgaram um lista da morte com o nome de 84 blogueiros e jornalistas. Oito deles já foram assassinados.

Seu marido Roy, um blogueiro de renome, foi atacado e morto por desconhecidos em Dacca, em 26 de fevereiro de 2015. Ele era conhecido pela postura crítica que assumiu frente ao fundamentalismo religioso. De acordo com o jurado do Bobs de Bangladesh, Shahidul Alam, o prêmio chama a atenção para blogueiros corajosos e que assumem muitos riscos.

Privacidade e Segurança

Em 2015, o premiado nesta categoria foi o espaço hacker e website mexicano Rancho Eletrónico. Ele possibilita a um público regional o acesso a conversas de alto nível em torno da segurança na web e da internet aberta e livre. Além disso, os blogueiros organizam workshops e eventos, que possibilitam o contato direto com usuários e a construção de uma comunidade.

Segundo a jurada para língua espanhola Renata Avila, o objetivo dessa plataforma é superar o abismo digital. “Os criadores deste site encontraram uma maneira criativa de capacitar as pessoas no uso de novas tecnologias, em vez de somente esclarecê-las sobre determinados assuntos. Neste projeto, as pessoas estão em primeiro plano, não as ferramentas”, justificou Renata Avila a decisão do júri.

Artes & Mídia        

Neste ano, o prêmio da categoria Artes & Mídia foi para o projeto online Zaytou, the little refugee ou Zaytou, o pequeno refugiado.  Trata-se de um videogame onde o usuário assume o papel de um menino palestino que procura um novo abrigo depois que o campo de refugiados de Yarmouk, ao sul de Damasco, foi destruído pelo regime sírio.

A história de Zaytoun representa a vida de muitos refugiados dos Territórios Palestinos, que tiveram de abandonar a sua terra natal e lutam agora por suas vidas também em campos de refugiados sírios.

A jurada e ativista hispano-síria Leila Nachawati justificou a escolha: “Escutamos muito sobre a Síria, mas pouco sabemos sobre o cotidiano dos afetados. Este projeto nos mostra e nos dá esperança de que, por meio da criatividade, inovação e da mídia, a arte possa surgir desse estado de miséria.”

Prêmio Freedom of Speech da Deutsche Welle

Além das 17 categorias do concurso, neste ano, a Deutsche Welle concedeu pela primeira vez o Prêmio Freedom of Speech (Liberdade de Expressão). O prêmio vai para uma pessoa ou iniciativa que luta de forma excepcional no mundo digital pelo direito humano à liberdade de expressão. Já no final de fevereiro, o blogueiro saudita Raif Badawi havia sido agraciado com esse prêmio da Deutsche Welle.

Em maio de 2014, o ativista de 31 anos foi condenado pela justiça saudita a mil chibatadas, dez anos de prisão e a uma multa de cerca de 200 mil euros. O blogueiro luta há anos pela liberdade de expressão em seu país. Em seu site Liberais sauditas livres, ele aponta abusos políticos e sociais na Arábia Saudita. Ele foi preso pela primeira vez há sete anos sob o pretexto de iniciar uma “página eletrônica” que insulta o islã.

Premiação no Global Media Forum

O ganhador do Prêmio Liberdade de Expressão e os vencedores dos Prêmios do Júri nas três categorias internacionais serão agraciados no dia 23 de junho de 2015 durante o Deutsche Welle Global Media Forum em Bonn.